Repintura de passadeiras: população satisfeita

A repintura de passadeiras foi uma das novas competências delegadas através de protocolo, pela Câmara Municipal de Lisboa, na Junta de Freguesia do Beato, e a primeira avaliação é francamente positiva. A delegação de novas competências já tinha sido anunciada, e a repintura de passadeiras criou ainda mais ex­pectativa, uma vez que era reivindicada pela Junta de Freguesia do Beato há já algum tempo. Segundo Vítor Marques, responsá­vel pelo Pelouro da Rede Viária e Trânsito “assim que a Câmara Municipal de Lisboa transferiu a competência, colocámos logo as mãos à obra.”

O exemplo da repintura de passadeiras é demonstrativo de que sendo a Junta de Freguesia profunda conhecedora do território e dos problemas da população, desde que seja dotada dos meios, efectua o trabalho necessário. Hugo Xambre Pereira, Presiden­te da Junta de Freguesia do Beato exemplifica: “se a Junta de Freguesia tivesse competências delegadas pela CMLpara re­solver problemas como buracos no asfalto, falta de iluminação ou acumulação de lixo e entulho, tínhamos uma maior facilidade de intervenção. Assim muitas vezes, a resposta não é imediata não só pelo excesso de burocracia processual, mas também pela insuficiência de recursos humanos por parte da CML”. OBoletim Informativo “OBeato” questionou Hugo Xambre Pereira porque razão a repintura das passadeiras deixou alguns arruamentos de fora, tendo obtido uma resposta elucidativa: “a razão, ou melhor as razões são simples: a verba que foi delegada para ser empre­gue na repintura não é, como se imagina, suficiente para repin­tar todas as passadeiras. Além disso, o protocolo que assinámos com a CMLnão inclui todos os arruamentos. Existem passadeiras que não estão abrangidas por este protocolo, como algumas lo­calizadas em Xabregas, Estrada de Chelas e Avenida Infante D. Henrique”.

[toggle title=”Clique para saber quais os arruamentos com passadeiras repintadas”]

Rua Nova do Grilo; Rua Rocha Santos; Rua Lino Hélder; Rua Manuel José da Silva; Rua Nicolau Tolentino; Rua D. Tomás de Melo Brey­ner; Estrada de Marvila; Rua D. José de Bragança; Rua D. Luís Cou­tinho; Largo da Madre de Deus; Rua José da Bateira; Rua Marquês de Olhão; Rua Actor Augusto Melo; Rua da Margem; Rua Dr. Manuel Espírito Santo; Rua Faustino José Rodrigues; Calçada de Lafões; Rua João Nascimento Costa; Rua Engº Maciel Chaves; Calçada do Carrascal; Rua Frederico Perry Vidal; Rua Capitão Roby; Rua Silvei­ra Peixoto; Rua Frei Fortunato São Boaventura; Calçada da Piche­leira; Rua Dr. Faria de Vasconcelos e Rua Prof. Mira Fernandes.

[/toggle]