Guia anti-burla

anti burla

Numa altura de dificuldades financeiras e sociais, algumas pessoas estão a tirar proveito da falta de cuidado de outras. Temos de combater este problema.

Siga os nossos conselhos, esteja atento.

Contacte-nos caso tenha alguma dúvida.

Em casa:

  •  Não abra a porta a estranhos;
  •  Não entregue dinheiro nem assine documentos. Em caso de dúvida, peça para ficar com os documentos enquanto decide e peça ajuda a um familiar, na loja do cidadão, ou na Junta de Freguesia do Beato;
  • Se entregar dinheiro, peça sempre para ficar com um recibo do valor que pagou e o nome e apelido da pessoa que lhe vendeu os serviços ou bens;
  •  Caso receba a visita de um técnico, não permita que entre em sua casa sem apresentar identificação;
  •  A Junta de Freguesia do Beato nunca faz peditórios nem nenhum serviço que implique aos munícipes darem dinheiro. Não acredite em pedidos à sua porta de pessoas que se identifiquem como pertencendo à Junta de Freguesia.

Ao telefone:

  •  Não dê o seu nome, número ou morada quando falar ao telefone;
  •  Não diga se está sozinho ou acompanhado;
  •  Não acredite em prémios surpresa e caso receba um prémio, peça o maior número de detalhes, antes de dar qualquer dado seu;
  •  Se receber um telefonema abusivo ou ofensivo, desligue o telefone. Avise a polícia se a situação se mantiver.

Na rua:

  •  Não dê o seu número de telemóvel ou dados bancários a pessoas desconhecidas;
  •  Se alguma instituição lhe pedir um donativo ou lhe vender um serviço, peça um documento como prova do valor entregue;
  •  Se for depositar ou levantar dinheiro, peça companhia a um familiar ou pessoa de confiança.

 

ATENÇÃO:  Em caso de burla, só a polícia tem competências para o ajudar e garantir a segurança da sua rua.

Participe todas as ocorrências na esquadra da sua área de residência.

PSP – Esquadra das Olaias.

Tel: 218414250

Rua Américo Durão, n.º 3 – A / B
1900-063 LISBOA